domingo, setembro 17, 2006

Oito ou oitenta

Aceitando a sugestão da Kandoca no seu blog, resolvi escrever 8 coisas sobre minha pessoa. Parece fácil, mas exige um pouco de reflexão e muito de autocrítica... Essa é a parte mais complexa.
E a forma? Ela achou um jeito interessante, de colocar frases que casavam com o tema. Não posso plagiar. Pior que quase tudo na História ou na cultura encasquetam com 3, 7, 10 ou 12: Três Reis Magos, os Sete Anões, os Sete Mares , os Dez Mandamentos, os 12 Apóstolos, os 12 Trabalhos de Hércules. Mas oito? Não tem nada marcante com oito. Só novela...

Páginas da Vida
Bom, ler sempre foi uma compulsão, e que tem me valido muita coisa. A leitura ajudou a enriquecer meu vocabulário, a escrever corriqueiramente e me expressar com facilidade. Isso tem algumas vantagens: permite que um tímido como eu se passe por grande ator, contador de piadas, aquele que enfrenta platéias de professores ou colegas sem o menor problema. Também desenvolveu minha memória, o que dificilmente me levava a estudar para provas, mas me proporcionava bons resultados, quase sempre. E a vida sempre foi boa escola...

Selva de Pedra
São Paulo, meu amor. A história paulista em especial me fascina, e grande parte de minha biblioteca se compõe de livros sobre esse assunto. Sempre gostei de saber do passado e sempre senti saudade do passado... dos outros! Sim, adoro ouvir histórias dos mais velhos sobre sua infância, sobre seus antepassados, sobre a cidade. Sou paulistano com muito orgulho.

Celebridade
Tenho uma facilidade enorme de fazer amigos, de me relacionar, de usar de diplomacia e ser querido por muita gente. Faço sucesso com gente dos oito aos oitenta. Sou capaz de, numa festa, reunir vários grupos de diferentes origens e circular tranqüilamente no meio de todos. Minha mãe chama isso de “Ricardo pra uso externo”. O Lendro sempre diz que eu me saio bem tanto no luxo quanto no lixo...

O Dono do Mundo
... mas também sou extremamente crítico, dominador, centralizador e mandão, como assinalaria a Taty. Sim, Don Corleone, que às vezes tem bons resultados, outras nem tanto. Se pego antipatia por alguém, o infeliz pode esquecer de cair em minhas graças novamente. Sempre acharei um defeito, uma falha. Rancoroso, enfim. E isso é ruim.

Mulheres Apaixonadas
Sempre faço piadas ou brincadeiras machistas, mas não posso negar o quanto as mulheres são importantes na minha vida. Por isso, que ainda que eu me proclame um solteirão que vai morrer sozinho, tossindo seu pigarro e gemendo os reumatismos, isso é só um disfarce pra esconder o romanticão que vai aqui dentro, que ainda sonha com a alma gêmea (quer dizer, gêmea não, que se parecer comigo será muito feia).

Vale Tudo
Ainda que pareça estranho em pleno século XXI, eu tenho pudores e princípios que vão contra o “vale tudo” generalizado que assola esta terra onde canta o sabiá. Ainda acho inadmissível pisar nas pessoas pra se dar bem na vida, nunca me vangloriei por ter recebido uma promoção, tenho imensa vergonha de ser elogiado publicamente, acho que devolver troco a mais no supermercado ou ceder lugar no ônibus são coisas normalíssimas, e não motivo pra me chamarem de babaca.

Suave Veneno
Sarcasmo. Ironia. Humor negro. Sim, eu adoro essas coisas. Sou impiedoso muitas vezes, na linha do “perco o amigo, mas não perco a piada”. Isso já me valeu bons e maus momentos. Mas muitas vezes é sinceridade brusca, que disfarço com um pouco de humor. Nem todo mundo gosta, uns por motivos morais, outros por não alcançarem o fino das intenções...

O Outro
Fico lembrando da minha infância e me perguntando se cumpri todos os planos de então. Sou o mesmo menino em versão adulta? Não sei. A única certeza é que daqui a vinte anos estarei repetindo a mesma pergunta, e daqui a 30, 40, até o fim. Ainda sou o mesmo?

2 comentários:

Glaucia disse...

Ricardo!
Vc arrasou!!!
Adorei os títulos das novelas, para ilustrar as suas oito coisas!
Ficou 10! Como vc vê, continuo leitora do seu boa semana.
BJKS

Kandy disse...

E eu também, idem idem aos comentários da minha prima querida acima (a rima foi proposital).

E obrigada por ter mudado a cor do texto. Meus olhinhos verdes míopes e astigmáticos agradecem a gentileza. Bjos